quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Comentários

Observo que o jovem tem comentado muitas coisas que o rodeia. Não me oponho, pelo contrário, sei que comentários proporcionam avanços na expressão de argumentos. Todavia, tenho comigo que ao expor seus pensamentos, os jovens não se importam com o que dizem. Deste modo, saem frases tão sem rumo, tão estranhas. Ouvi, certa vez, um amigo meu dizer que estava "passando ruim do estômago". Pensei nesta frase, boba, por sentido. Transformaram para achar graça, o sentido de estar sentindo-se mal, por não saber passar algo bem. Em caso, quando se fala em passar, penso primeiro passar a ferro. Então, resumo que, essa frase passa a significar que não se sabe passar bem suas roupas. Agora, me pergunto: aonde entra o estômago nisso tudo?

Vítor Duarte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário no meu blog, não custará nada. Às vezes, leitor, é bom expressar nossos pensamentos.