segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Exultação à vida

E ressurgir de vez, como se emergisse de um profundo sonho onde viver se limitasse em ganhar, onde conquistas valem mais e seu cansaço é maior. Emergir do profundo de um rio de águas que levam as tuas tristezas, a simplesmente observar se estar ali mesmo em pé, diante do rio e do seu sonho acordado, é mesmo uma exultação de que se está vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário no meu blog, não custará nada. Às vezes, leitor, é bom expressar nossos pensamentos.