quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Todos os trabalhos são iguais

    Um lenhador morava próximo a um escritor muito famoso e rico. Todas as vezes que saía para cortar lenha, passava na frente da casa do vizinho e relanceava o escritor sentado na sua habitual escrivaninha, compondo seus livros tão conhecidos na nação. Então, um dia foi interrompido por seu vizinho, que curioso em vê-lo passar todos os dias, perguntou:
    - O senhor deve ter um trabalho difícil. Não é? Escolher as árvores, derrubá-las, cortar em pedaços pequenos e para que sejam carregados até sua casa. Depois, quando o caminhão estaciona ali em frente, o senhor põe lenha por lenha sobre a carroceria. Um serviço que não é para qualquer um.
    - Um pouco. O seu é que é fácil por demais. Fica todos os dias sentado diante de uma escrivaninha, a mão percorre uma caneta maravilhosa e leve por sobre uma folha suave e quase de porcelana. Sua cadeira, que embora seja de madeira, tem um ótimo estofado que mantém para o senhor todo o conforto e descansa seu trabalho o máximo possível. Quase não faz nada além de passar a mão da caneta no papel - comentou o lenhador.
    - Engana-se - retorquiu o escritor. - Meu serviço é tão cansativo quanto o seu. Passo horas pensando, sentado na mesma posição e com os dedos forcejando contra o papel. Fora, quando perco o caminho da história e preciso quebrar minha cabeça em mil para encontrar o que queria escrever. Viajo quilômetros daqui e o senhor sequer percebe. Para no fim das contas ter produzido cerca de cinco ou seis páginas de um livro, de uma história que mais parece não ter fim. Ao sair da frente da escrivaninha, tenho os dedos enfraquecidos e doloridos, a cabeça fervendo de tanto pensar e as costas rígidas de permanecer na mesma posição o tempo todo.
    - Realmente é um trabalho cansativo - afirmou o lenhador. - Talvez tanto quanto o meu.
    - Na verdade, meu caro amigo, nossos serviços são de igual peso. Pedem de nós capacidades das quais já possuímos certa experiência. Portanto, todos os trabalhos são iguais. E cansam também. Acontece que cada um deles cansa algo que nos cobra repetidas vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um comentário no meu blog, não custará nada. Às vezes, leitor, é bom expressar nossos pensamentos.